Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Bolas de Berlim... sem creme

Um blogue que não é de culinária (apesar de ter algumas receitas)

Bolas de Berlim... sem creme

Um blogue que não é de culinária (apesar de ter algumas receitas)

... e das coisas que me lembro

A Alice, que vai fazer dois anos para o mês que vem, já diz uma enormidade de palavras compreensíveis. São para aí umas 15, ora deixa ver: mamã, papá, [anda] cá, pão, mão, cão, não, avião, miau, aqui, ó-ó, pópó, totó, chão, tói-tói. Este fim-de-semana começou a dizer "sim" e "chucha", mas a maneira como diz estas palavras, a forma como empurra a língua contra o céu da boca para pronunciar o "sh" faz-me sempre lembrar eu naquela aula de alemão do 3.º ano, a tentar dizer schliesslich sem nunca conseguir não enrolar a língua. A docente achou que eu devia sair da sala a saber pronunciar schliesslich sem mandar gafanhotos e obrigou-me a repetir até a minha cara se transformar num tomate maduro e toda a turma estar a rir. Foi um dos momentos mais constrangedores da minha vida, mas duvido que mais alguém se lembre para além de mim. De qualquer maneira, se hoje encontrasse esta professora na rua, gostava de lhe esfregar na cara o meu schliesslich perfeito, mas o mais provável seria não a reconhecer, de forma que já vamos com 17 palavras compreensíveis. Schliesslich. Ou em bom português, finalmente.