Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Bolas de Berlim... sem creme

Um blogue que não é de culinária (apesar de ter algumas receitas)

Bolas de Berlim... sem creme

Um blogue que não é de culinária (apesar de ter algumas receitas)

Ponto da situação

Agora decidiu que não pode andar sem uma fralda de pano na mão.
Decidiu que não quer comer, nada, nunca, só às vezes uma pêra ou iogurte e o belo do bolo que pede sempre que passamos num café, mas que nós nunca lhe damos.
Decidiu que não gosta de sopa e, às vezes, também deixa de gostar da mamã.
Decidiu, durante 3 dias, que a mamã era uma bruxa má, mas de repente passou-lhe.
Decidiu que se disser que lhe dói a barriga, lhe damos muita atenção. Nós ainda não decidimos se lhe dói mesmo a barriga ou não.
Decidiu fazer cocó dentro na piscina. Valeu-nos a clarividência da mamã-bruxa má...
Decidiu que quer fazer tudo sozinha. Descer as escadas. Subir as escadas. Vestir o casaco. Despir o casaco. Tirar a fralda. Pôr a fralda. Calçar as meias. Limpar o nariz. Barrar manteiga no pão. Ainda não se lembrou de ser ela a conduzir o carro.
Decidiu dizer "Eu sou capaz" 123 vezes por dia. 
Decidiu que não quer trocar a fralda, mas se tiver mesmo de ser, então só no chão, em cima do tapete.
Decidiu que ela é que escolhe a roupa.
Decidiu que, se demorarmos um segundo a mais a dar-lhe o leite do que o normal, é o fim do mundo. Ah, espera, esta era antiga...
Decidiu que quer o pai se a mãe não deixa fazer alguma coisa, ou vice-versa. Se nenhum dos dois deixar, então já quer a avó.
Decidiu que ela é que sabe as letras das músicas todas. Mas nesta até é capaz de ter razão.

Tudo isto pode ser o mote para uma bela birra. Não tem de ser, mas geralmente é. E só faz dois anos para a semana. Caneco.

2 comentários

Comentar post