Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Bolas de Berlim... sem creme

Um blogue que não é de culinária (apesar de ter algumas receitas)

Bolas de Berlim... sem creme

Um blogue que não é de culinária (apesar de ter algumas receitas)

Querida Alice

Querida Alice,

às 37 semanas acabou-se o perigo. Nasce quando quiseres, mas, já agora, era bom que esperasses que a tua irmã ficasse boa da virose, que não estava nada a apetecer entrar em trabalho de parto enquanto a mais velha anda com febre a vomitar pelos cantos. Fora isso, está mesmo tudo pronto para a tua chegada.
Dica 1: o teu único tio direito está no país até ao fim do mês e acho que ele era capaz de gostar de te conhecer antes de se ir embora.
Dica 2: a tua mãe já não tem posição para quase nada, doem-lhe as costas e praticamente tudo o resto, levanta-se do sofá a gemer e curvada feita velhinha, não há casaco de inverno que consiga abotoar e o teu pai acha que ela passa o tempo a choramingar. Estamos na iminência de uma crise familiar...

Enquanto isso, a mãe agradece as palavras de apoio e esperança que lhe têm chegado e pede só que se refreiem de lhe perguntar de dois em dois dias se já nasceu. É que pode ser bastante enervante, tendo em conta que, a bem ver, ainda faltam 3 semanas para cumprir o tempo. Também dispensa as histórias macabras de como os irmãos mais velhos regrediram com a chegada do mais novo, a ponto de fazerem os pais recordarem a fase como "ai, foi mesmo horrível!", mas entende que certas pessoas tenham uma necessidade incontrolável de contar a sua experiência. Desejem-lhe mas é uma hora pequenina que, muito sinceramente, (Dica 3) para além de uma bebé sem cólicas, é tudo o que ela quer neste momento.

Até breve, minha pequenina.

A tua mãe, com uma barriga que chega ao Arco do Triunfo.