Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Bolas de Berlim... sem creme

Um blogue que não é de culinária (apesar de ter algumas receitas)

Bolas de Berlim... sem creme

Um blogue que não é de culinária (apesar de ter algumas receitas)

Desgrenhada

Hoje, por vários motivos que não vêm agora ao caso, decidi não tomar banho de manhã, vesti o fato de treino a roupa da ginástica e planeei tomar banho à hora de almoço. Só que à hora de almoço acabei por ter um imprevisto e não tomei banho. Continuo com a roupa da ginástica. O cabelo meio oleoso. O hálito a saber a alho de qualquer coisa que comi durante o dia e não há meio de desaparecer mesmo depois de já ter lavado os dentes umas 6 vezes. O pai da minha filha tem um jantar de Natal e, portanto, sou obrigada a ir buscá-la à creche sem tomar banho e está-se mesmo a ver que também não vou mudar de roupa. Além disso, resolvi ir com ela fazer recados (ou, basicamente, cansá-la que está numa idade difícil). De modos que está-se tudo a preparar para que, no meio dos recados, encontre alguém do passado ou do presente que me vai imediatamente fazer-me sentir miserável na minha roupa da ginástica. Uma figura pública, um ex-namorado ou, pior, aquela cabr* do 9º ano que andava sempre a competir com as minhas notas e era gira como a porra!
"Coitada. Teve um filho e desleixou-se tanto. Estas gajas não se sabem cuidar. Quem a viu e quem a vê."
Pronto, vou buscar a gabardine e os óculos escuros. Ou, melhor.


Ideias de prendas para um Natal menos consumista, mais criativo e personalizado - Parte 2

Quem gosta de cozinhar, pode fazer iguarias para oferecer. Há uns anos, ainda antes da nossa filha nascer, quando tínhamos todo o tempo do mundo para matar tardes inteiras com experiências, oferecemos aos amigos saquinhos com sticks de casca de laranja com chocolate, fudge de chocolate e doce de kiwi (o que eu queria mesmo era fazer doce de ameixa, mas depois lembrei-me que estávamos em Dezembro e não havia ameixas...). Os amigos gostaram, mas o mal destas prendas é que não passam dessa noite...

Há outras possibilidades, desde azeites com especiarias, misturas preparadas para pão e bolos, geleias, compotas, conservas de beringela, queijo feta, tomate seco, enfim, é puxar pela imaginação e pela colher de pau. Por agora, deixo algumas fotos e receitas de fazer crescer água na boca.



Mistura pré-feita para bolachas, por exemplo, daqui.



Etiqueta personalizada disponível para imprimir aqui.


Se forem artistas, por que não experimentar uma coisa deste tipo?

Se não forem artistas, shame on you, mas têm aqui uma deliciosa receita de bolachinhas mais ou menos fácil de fazer e digna de nos esquecermos que afinal eram para oferecer...