Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Bolas de Berlim... sem creme

Um blogue que não é de culinária (apesar de ter algumas receitas)

Bolas de Berlim... sem creme

Um blogue que não é de culinária (apesar de ter algumas receitas)

Em jeito de retrospectiva: este não é um blogue sobre costura

Ao passar rapidamente os olhos pelos posts que escrevi em 2013, fiquei espantada com o número inesperado de visualizações de página que certos posts tiveram. Tendo em conta que este blogue é lido por umas poucas, muito poucas dezenas de pessoas, ter cento e tal visualizações é, para mim, digno do mais absoluto e genuíno espanto. A tendência deixa facilmente perceber que os visitantes não habituais não vêem à procura de histórias da carochinha e reflexões inúteis que pouco interessarão à esmagadora maioria. Além dos pobres coitados que chegam ao engano (não, não vão encontrar a receita das bolas de berlim...), a maior parte das leitoras (atrevo-me a usar o feminino por puro preconceito) vem à procura de um blogue de costura. Chega a ser flagrante o desinteresse que um post a anunciar o nascimento da Alice provocou, que nem a um único comentário de felicidades teve direito, a favor de um post sobre uma colcha e um cortinado que costurei, publicado imediatamente a seguir, e que teve direito logo a 3 comentários (o que é uma autêntica loucura!).
Assim, posts sobre os humildes resultados das minhas costuras como este e este ou ainda este (na onda dos tutoriais, o tutorial que ensina a transformar roupa com naperons de renda foi um autêntico líder de visualizações e comentários) são vistos pelo dobro ou triplo das pessoas que normalmente me lêem. É claro que não batem o meu post mais polémico sobre as marcas da gravidez com 200% mais visualizações e um número extraordinário de comentários (9!!!!), nem sempre bajuladores, como se esperaria. Ainda assim, não foi este o post com mais visualizações. Foi este, um post sobre as dificuldades da maternidade (parece que muitos se identificam) com feedback sobre o workshop da Mum´s the Boss, ficando a dever a maior parte das visualizações a esta mesma referência, mas juro que não foi de propósito.

Conclusão, se quiser dinamizar este blogue é só ir colocando posts sobre costura e tutoriais DIY para alimentar as estatísticas e angariar seguidores. Mas, apesar de a costura fazer parte dos meus interesses, este não é um blogue sobre costura. Este não é um blogue sobre nada, para dizer a verdade, é um nada que é tudo, tudo aquilo que me interessa, tudo o que me passa pela cabeça e sinto que quero ou posso partilhar com o mundo. Passa muito pelos filhos, pela maternidade, mas não se resume a isso, por isso estará longe de ser um baby blog. É aquilo que o Feedly agruparia como blogue generalista e assim deverá permanecer. Só gostava de escrever mais e melhor, como alguns blogues que sigo religiosamente e a que bebo as palavras, pela beleza da escrita e a profundidade dos pensamentos. Mas sabendo que, além do talento, a escrita requer treino e tempo, sei que ainda tenho um longo caminho pela frente até que a mão me pare de tremer.

Portanto, com ou sem mudanças de servidor, com ou sem mudanças de layout, com ou sem mudanças de nome (haverei de falar sobre isto do nome um dia), este blogue continuará a ser um blogue sobre tudo e sobre nada, com posts enfadonhos sobre a maternidade, séries de televisão e relatos de experiências, polvilhado aqui e ali com alguns apontamentos sobre costura, crochet e essas coisas do DIY para quem tem mais jeito do que tempo.

Vão por mim: há blogues muito mais interessantes do que este. Se, no entanto, vos faltar empenho em procurá-los e quiserem continuar a fazer-me companhia, prometo não distanciar-me muito do que já conhecem. Para o bem e para o mal.

Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.