Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Bolas de Berlim... sem creme

Um blogue que não é de culinária (apesar de ter algumas receitas)

Bolas de Berlim... sem creme

Um blogue que não é de culinária (apesar de ter algumas receitas)

Faits divers

pôr-do-sol.JPG

 

Hoje de manhã, quando saí de casa para beber café, ouvi o chilrear dos pássaros e o silêncio deixado pela breve ausência de carros a passar na estrada lá em cima e senti-me profundamente sortuda por morar fora da cidade. Nunca pensei dizer isto, eu, que sempre me considerei citadina, mas a verdade é que, a maior parte das vezes, sinto que a nossa mudança para aqui foi um upgrade maravilhoso ao nosso estilo de vida. Um estilo de vida mais calmo e próximo da Natureza. Não sendo a Natureza só feita de pássaros a chilrear e arco-íris na Arrábida, a chegada do bom tempo traz consigo novos inquilinos. Confesso que as minhocas e lesmas gigantes que entram pela fresta da porta não me incomodam, pego nelas com um palito e meto-as no canteiro. Também já me comecei a habituar às borboletas da noite que entram quando vou fechar as portadas antes de me deitar. Mas quando, no outro dia, a professora de yoga nos mandou visualizar um prado verdejante durante a fase de relaxamento, percebi que tenho um problema que não tinha na cidade e que o meu problema se agudiza com o bom tempo. Ao imaginar um prado verdejante, não consegui relaxar coisa nenhuma porque havia demasiados gafanhotos a saltar à minha volta.

 

É claro que isto não é um problema a sério. Mas não quero falar sobre Bruxelas.

1 comentário

Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.