Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Bolas de Berlim... sem creme

Um blogue que não é de culinária (apesar de ter algumas receitas)

Bolas de Berlim... sem creme

Um blogue que não é de culinária (apesar de ter algumas receitas)

Há gatos no pontão

FullSizeRender.jpg

 

IMG_8003.JPG

 

IMG_8005.JPG

 

IMG_8024.JPG

 

Hoje voltei a correr. Bom, na verdade, só saberei se voltei a correr da próxima vez que for correr e da vez a seguir a essa, quando lhe voltar a ganhar o gosto, as pernas deixarem de pesar tanto e encontrar o meu ritmo certo para a respiração. Mas hoje fui correr com o intuito de voltar a correr. Foram 3,3 Km penosos, a lutar contra o vento e a precisar de dar tréguas às pernas com caminhada pelo meio. Valeu a paisagem com o porto de um lado e o oceano do outro e os gatos do pontão que me vinham dar as boas-vindas. Os gatos do pontão são vadios, mas gostam das pessoas, muito ao contrário dos gatos não vadios a quem damos de comer no nosso quintal e que dão por nomes ilustres como Balzac, Pompeu e Elvirinha, mas a nobreza que têm no nome não a têm - ainda - na forma de estar.

Este que desce a rocha, desce para me cumprimentar, roça-se nas minhas pernas, deixa que lhe faça festinhas e corre atrás de mim durante 2 ou 3 metros quanto retomo a corrida. Gatos vadios que gostam de pessoas dão-me esperança no ser humano e também vontade de os trazer para casa, mas depois lembro-me do Dexter, que é o meu - e foi encontrado, moribundo, neste mesmo pontão! -, e dos outros cinco que não são meus, mas que me miam à porta como se fossem, o Balzac, o Pompeu, a Elvirinha, o Zeca e a outra que ainda não tem nome. Acho que já são gatos que cheguem num quintal só...

 

Mas voltemos ao pontão. Estava demasiado vento. Estava tanto vento que tive medo de tirar fotos, não fosse a brisa levar-me o telefone. Ainda assim, tirei, ao mar e aos gatos, para me relembrar num dia de preguiça que encontrei um sítio maravilhoso para correr. De uma ponta à outra, o pontão tem 830 metros, por isso basta ir e vir duas ou três vezes para fazer um treino razoável (para quem não tem o hábito de correr, claro está). A vista é inspiradora e com uma boa playlist nos ouvidos até é capaz de nem custar tanto. E, claro, haverá sempre os gatos a quem fazer festinhas.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.