Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Bolas de Berlim... sem creme

Um blogue que não é de culinária (apesar de ter algumas receitas)

Bolas de Berlim... sem creme

Um blogue que não é de culinária (apesar de ter algumas receitas)

Menino ou menina?

A um dia de saber o sexo do bebé, posso dizer que já ouvi muitos palpites e conjecturas sobre o dito. Uns acham que é menino, outros apostam na menina, meramente com base no estado da minha pele ou na circularidade das minhas ancas. Curiosamente ainda ninguém alvitrou que poderá ser hermafrodita. Não seria nada estranho que alguém o fizesse, a juntar às pérolas da sabedoria popular. A Joanna do "Cup of Jo" escreveu um post sobre isto mesmo há uns dias e, apesar de vir do outro lado do Atlântico, parece que são factos universais estes que aqui traduzo livremente:

Responde às seguintes questões com sim ou não:

1. Tens tido desejos de mais doces do que de salgados?
2. Foste brindada com muitos enjoos matinais?
3. Tens tido oscilações de humor mais acentuadas?
4. A tua cara está mais redonda do que o habitual?
5. As tuas mãos estão mais macias do que o normal?
6. O homem iniciou a sua vida sexual na altura da concepção? (oi? não sei se percebi esta...)
7. O teu seio direito é maior do que o esquerdo durante a gravidez?
8. Os teus movimentos são mais elegantes ao invés de desajeitados?
9. A tua barriga está mais baixa?

Preponderância de respostas positivas = é uma menina!
Preponderância de respostas negativas = é um menino!

Ora, dizer que isto é um bocado parvo é elogio. Mas para quem quiser saber, as minhas respostas estão ali no 4,5, o mesmo número de respostas negativas e positivas e uma (a primeira) a que respondo: dos dois! A julgar por isto, vou ter um caracol!

Então vejamos outras formas de saber o sexo antes do ecografista. 
Segundo a tabela chinesa, que se baseia na idade da mulher na altura da concepção, vou ter outra menina.
Podia ainda pegar numa agulha ou num anel preso por uma corda e efetuar uma série de movimentos pendulares sobre a barriga e ficar a saber o sexo a partir do sentido circular ou em linha recta que o pêndulo toma, mas acho que vou passar esta.
Entretanto encontrei outras pérolas neste site que, apesar de muito contribuírem para a minha boa disposição, me deixaram na mesma incerteza.
Por isso, acho que vou ficar calmamente à espera que ele ou ela se deixe ver na ecografia de amanhã.

E preferências, há? Cá por casa, a preferência recai para um lado, é certo. A primogénita diz que quer um mano, mas sabe lá ela... Os progenitores também fizeram os possíveis para acertar num menino, mas a verdade é que estas contagens nem sempre são certeiras. Depois há o lado racional. Se, por um lado, o número de roupinhas cor-de-rosa e brinquedos de menina que podiam ser reutilizados nos deixam a pensar duas vezes, por outro lado, se tivermos outra menina, vamos ter de ir ao terceiro, o que seria chato, mas eu meti na cabeça que quero ter um filho que continue a gostar de mim depois dos 16 anos. Além disso, e isto é uma teoria puramente sexista de quem nunca teve irmãos, duas meninas brincam melhor juntas do que uma menina e um menino. Mas bom, na verdade, desde que não seja um caracol, ficamos mesmo contentes com o que vier. A sério que sim.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.