Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Bolas de Berlim... sem creme

Um blogue que não é de culinária (apesar de ter algumas receitas)

Bolas de Berlim... sem creme

Um blogue que não é de culinária (apesar de ter algumas receitas)

Reflexões do puerpério #3 (completamente aleatórias)

1. É chegada a época em que a minha roupa tem, frequentemente, nódoas de bolçada. Por vezes, também o cabelo. E já houve um ou outro esguicho de cocó. É aquela altura em que, a haver uma emergência no prédio ou em casa e a ter de sair à pressa, nunca sei bem com que aspecto demente me vou apresentar na rua.

2. Não sei por que é que os livros que mandam bitaites sobre recém-nascidos não fazem referência ao secador-de-cabelo-adormecedor-de-bebés. Comprovo que funciona, pelo menos até uma determinada idade. Vá, meses. Ok, dois ou três meses. Diz que a máquina de lavar roupa tem o mesmo efeito, mas é capaz de estar muito frio na marquise.

3. Ela às vezes põe-se a olhar para mim com os seus olhinhos de azeitona preta do Alentejo, como se se quisesse certificar de que o colo continua a ser meu, a incubadora-progenitora, e pergunto-me se já conseguirá distinguir o meu vulto e, especialmente, os meus olhos, pois é neles que se fixa, fazendo-me sempre sentir uma pessoa deveras importante.

4. A mais velha hoje de manhã disse "mamã, a mana é tão querida!" e eu só tive vontade de chorar.

5. Deixei de tomar café e nem dei conta. Por outro lado, ontem comi um salame e só consegui esconder o facto até hoje de manhã, quando ela acordou com duas grandes borbulhas na cara. Ora, vamos lá passar em revista o que comeste ontem?

6. Ia fechar o ciclo e voltar a falar em cocó e derivados, mas acho que não há mesmo necessidade disso.

1 comentário

Comentar post